Fale conosco via WhatsApp

Terça, 20 de outubro de 2020
informe o texto
Menu

Easy Cuiabá 99,1 fm No Ar: Madrugada Centro América

Conteúdo ExclusivoPense Nisso

O PODER DA PALAVRA

O PODER DA PALAVRA

30/09/2020 - 13:00

O poder da palavra


 

Educar exige esforço. Que o digam pais e mães, avós, que possuem tal responsabilidade.


 

Nesse período de pandemia então...

Aulas presenciais suspensas, atividades virtuais todos os dias, filhos o tempo todo em casa... essa convivência tem sido ainda mais desafiadora. São horas e horas de aprendizado mútuo.


 

Sabemos que há dias em que a inquietação atinge o auge. São aqueles em que as crianças parecem ter acordado com a energia multiplicada...


 

Muitos pais têm dificuldade de lidar com a nova rotina e por isso murmuram: Ai, meu Deus, o que eu faço? outros até, por falta de sabedoria ou mesmo imaturidade, expressam palavras pesadas... marcando negativamente o coração dos filhos.

Palavras fortes que caem como uma bomba.


 

Talvez você não tenha se dado conta, mas a forma como os pais se relacionam com os filhos, reflete na vida adulta deles. As crianças podem crescer com problemas de relacionamento, tristonhas. Se não forem acolhidas, poderão se tornar indivíduos retraídos, com medo de se achegar às pessoas, por se considerarem não amadas.

Por isso, nesse momento tão desafiador, o importante é tentar manter a calma e entender que a situação está desconfortável pra todo mundo. Os seus filhos não são responsáveis pelos problemas que hoje enfrentamos.

Esse cenário é na verdade o resultado de um conjunto de circunstâncias..

É a preocupação com os afazeres domésticos, os compromissos profissionais em que somos cobrados pela produtividade e desempenho, ou, em situações mais difíceis, a busca por emprego.

É o dinheiro que falta para cobrir todas as despesas, o calor que incomoda...

Crianças gritando, tirando tudo do lugar, correndo pelos quatro cantos da casa, sem parar...

De todo modo, para os filhos que ouvem os nossos desabafos, ainda que sejam involuntários, o sentimento que chega até eles é o de que eles não são bem-vindos. Pensam que são um estorvo na vida dos pais. Um peso. E você sabe que, na verdade, eles são o bem mais precioso que existe.

****


 

A palavra tem força.


 

Com ela podemos produzir a alegria ou a infelicidade. Podemos construir o bom e o belo, ou a maldade.


 

Pensemos nisso no contato com os nossos filhos. Que possamos refletir, antes de nos expressar, e que não permitamos inconsequências em nossas palavras.


 

As crianças devem ser educadas, receber disciplina, mas com expressões da coerência, explicação do bom senso, e a paciência das horas.


 

A palavra conduz a estados d'alma.


 

Pela palavra podemos iluminar caminhos, oferecer segurança, acalentar quem busca carinho e educação.


 

Pela palavra podemos criar estados de otimismo, lições de amor.

A palavra certa muda destinos.

Com ela, podemos marcar corações...

Pense nisso... mas, pense agora.


 

Redação do Pense Nisso, baseado em texto do Momento Espírita, com trechos do livro Sol de esperança, por diversos Espíritos, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal.

Centro América FM Cuiabá - Rua Marechal Deodoro, 504, Anexo 1, Santa Helena, Cuiabá - MT,
CEP 78005-100. Tel.: 65 3614-1888
Home
Sitevip Internet