Fale conosco via WhatsApp

Quinta, 26 de novembro de 2020
informe o texto
Menu

Easy Cuiabá 99,1 fm No Ar: A Hora do Café

NotíciasOpinião

No futebol europeu

No futebol europeu

04/06/2015 - 05:21

No futebol europeu Sou daqueles ligados no futebol europeu. Conheço outros que também se grudam na televisão em jogos dali. Trocamos um monte de informações inúteis, como algumas expostas aqui. Começar elogiando argentino é dose, mas vá lá. Los hermanos foram artilheiros nos maiores campeonatos. Kum Aguero no inglês, Tevez no italiano, o segundo artilheiro ali é outro argentino, Higuaín. No espanhol, Messi foi o segundo, mas o primeiro na Europa se incluir todas as disputas do ano. Ainda se têm atacantes argentinos de qualidade como Pastore do PSG e Di Maria do Manchester United. É interessante essa alternância entre jogadores brasileiros e argentinos na Europa. Antes deste momento deles, Romário, Ronaldo, Ronaldinho, Rivaldo, Kaká, mandavam nos campeonatos dali. Antes desses, os argentinos, como agora, mandaram, tempo de Batistuta e Crespo. Quando virá a nova safra nacional não se sabe, aliás, pelo que mostra o campeonato no Brasil parece que vai demorar ainda. Um caso de argentino que está chamando atenção na Europa é o Di Maria. Vinha comendo a bola, na seleção estava melhor que o Messi, foi comprado ao Real Madri pelo Manchester United por 75 milhões de euros ou 217 milhões de reais, na maior transação da história, e depois de iniciar bem está no banco de reserva do time inglês. Jogadores brasileiros inundam times campeões europeus da temporada. No inglês, o Chelsea tem Filipe Luiz, Oscar, Willian, Ramirez e o naturalizado espanhol, Diego Costa. No Barcelona estão Daniel Alves, Adriano, Rafinha e Neymar. No PSG, David Luiz, Tiago Silva, Tiago Mota, Marquinhos, Maxwell e Lucas. No Bayer de Munique, Rafinha, Thiago Alcântara, Dante. No Real Madri, que não foi campeão de nada este ano, Marcelo, Lucas, Pepe e agora terá o lateral direito Danilo comprado do Porto. No italiano parece que enjoaram de jogadores do Brasil. Jogadores latino-americanos estão em alta na Europa. Entre os dez melhores da atual temporada, cinco são da região: Messi, Neymar, Alexis (Chile), James (Colômbia) e Naldo (Brasil). Já vi jogo do Barcelona com esses sul-americanos em campo ao mesmo tempo, Bravo (Chile), Daniel Alves, Mascherano, Adriano, Rafinha, Messi, Suarez e Neymar. Por falar nesse trio de atacantes do Barcelona, eles bateram o recorde do time e europeu de gols, 120 na temporada. Messi fez 58, Neymar 38 e Suarez 24. Suarez só entrou no campeonato dois meses depois de iniciado. Cumpria pena por morder o zagueiro italiano Chielini, na Copa no Brasil. Com ele em campo mais vezes, talvez aquele número seria outro. Ainda falta o jogo do Barcelona com a Juventus no sábado pela Liga dos Campeões. Pode vir mais gols, portanto. Com 120 gols (o ataque do Cruzeiro, campeão brasileiro, fez 67 gols), o trio bateu o Real Madri de Cristiano Ronaldo, Benzema e Higuaín, que fizeram na temporada 2011-12, 118 gols. No Barcelona um trio da pesada tinha o recorde, Messi, Eto’o e Thierry Henry fizeram 102 gols em 2008-09. Os três jogadores sul-americanos já estão 18 gols à frente deles. Alfredo da Mota Menezes - e-mail: pox@terra.com.br site: www.alfredomenezes.com

Fonte: alfredo da mota menezes

Centro América FM Cuiabá - Rua Marechal Deodoro, 504, Anexo 1, Santa Helena, Cuiabá - MT,
CEP 78005-100. Tel.: 65 3614-1888
Home
Sitevip Internet