No ar: Ouça ao vivoOuça

Conteúdo Exclusivo

Biografia

Pearl Jam

Pearl Jam

Com Eddie Vedder (vocal e guitarra), Jeff Ament (baixo), Matt Cameron (bateria), Mike McCready (guitarra) e Stone Gossard (guitarra), o Pearl Jam nasceu em Seattle, nos Estados Unidos, em 1990, no auge do movimento grunge.

O primeiro disco da banda, "Ten", de 1991, vendeu milhões de cópias, fez uma série de hits como "Spin the Black Circle". Com o sucesso de vendas, no ano seguinte a banda fez a sua primeira excursão com shows em locais pequenos ou abrindo para grandes artistas como U2, Red Hot Chili Peppers e Neil Young.

 


Em 1993, com o status adquirido pela banda e o enorme sucesso de Ten, eles foram convidados para participarem de vários projetos ao lado de seus ídolos. Vedder foi chamado para preencher o lugar de Jim Morrinson numa reunião do The Doors, durante a cerimônia do Rock and Roll Hall of Fame, em Los Angeles. Ele também apareceu em concertos em homenagem a Roger Daltrey, vocalista do The Who e aos 30 anos de carreira do cantor/compositor Bob Dylan. Na cerimônia do MTV Video Music Awards, que premia os melhores vídeos do ano, o Pearl Jam se apresentou tocando a ainda inédita 'Animal' e ao lado de Neil Young, com a clássica 'Rockin' in the Free World'. Nessa mesma cerimônia, a banda levou quatro prêmios, incluindo o de Melhor Clipe do Ano, por 'Jeremy'.

Com toda fama conquistada pela banda e a consequente exposição crescente à mídia, o Pearl Jam, principalmente Eddie Vedder, começou a se sentir incomodados com as pressões do estrelato e a perda da privacidade.

Com o objetivo de manter a sanidade, a integridade e de focarem apenas na música, o Pearl Jam anunciou, em 1993, antes do lançamento do aguardado segundo álbum, 'Vs', que iríam restringir entrevistas e aparições na televisão e que não gravariam vídeo-clipes.

Todos esses fatos não fizeram de 'Vs' um fracasso comercial. Pelo contrário, o álbum alcançou as primeiras posições das paradas mundiais e foi, até recentemente, o disco de mais rápida vendagem da história das paradas de sucesso americanas.

Em 1994, o Pearl Jam cancelou a turnê que fariam durante o verão americano, pois entraram com uma ação contra a empresa Ticketmaster, responsável pela distribuição de ingressos no EUA. A banda acusou a empresa de prática de monopólio e de cobrar preços exorbitantes na venda dos ingressos. Neste mesmo ano, a banda lança o terceiro álbum, 'Vitalogy' surpreendendo novamente, ao lançarem o álbum primeiro em vinil e, somente duas semanas depois, em cassete e CD. A versão em vinil, conseguiu a proeza de atingir o número 55 da parada principal da Billboard, numa época em que o CD já dominava todo o mercado de música. A versão em CD alcançou a primeira posição dessa mesma parada.

Após o lançamento desse álbum, o baterista Dave Abbruzzese foi dispensado da banda por Stone Gossard, que alegou "diferenças de filosofia". Para a vaga foi escalado o velho conhecido deles, Jack Irons, que, além de assumir as baquetas, ajudou a banda a seguir em frente e a continuarem juntos.

Em 1995, a longa parceria da banda com o veterano cantor canadense e ídolo Neil Young rendeu a gravação de um álbum conjunto, 'Mirror Ball', com vocal de Neil Young e o Pearl Jam no acompanhamento e no backing vocal.

No ano seguinte veio o quarto álbum, 'No Code' , o qual reveoua a criatividade e diversidade do Pearl Jam mas, comparado aos discos anteriores, não foi um grande sucesso comercial.

No início de 1998, o Pearl Jam voltou à cena com o quinto disco, 'Yield'. Depois de seis anos sem clipes, eles realizaram um vídeo, todo em desenho animado, para a música 'Do the Evolution'. Além disso, lançaram o home video 'Single Video Theory', que traz comentários de toda a banda e o ensaio das músicas do álbum 'Yield'.

Em meados de junho de 1998, antes do início da turnê norte-americana, o baterista Jack Irons decide não prosseguir com a banda para cuidar da saúde e da família. Para a vaga, foi escolhido o velho amigo e ex-integrante do Soundgarden, Matt Cameron. A turnê norte-americana foi registrada num álbum ao vivo, o 'Live on Two Legs', lançado no final desse mesmo ano.

Depois de um período sem frequentar por muito tempo as primeiras posições das paradas populares americanas, o Pearl Jam acabou tendo um single inesperado ocupando o topo das paradas. A música, 'Last Kiss', cover de uma canção gravada originalmente por 'J Frank Wilson and the Cavaliers', em 1964, chegou ao número 2 da Billboard Hot 100, parada que registra os singles de maior sucesso no mercado americano. 



O Pearl Jam ainda se envolveu com o art rock experimental em Binaural, de 2000, e com o folk rock em Riot Act, de 2002. Pearl Jam, de 2006, foi citado como um retorno à sonoridade inicial da banda, enquanto Backspacer, de 2009, contém elementos da música pop e da New Wave.

Discografia


Ten (1991)
Vs. (1993)
Vitalogy (1994)
No Code (1996)
Yield (1998)
Binaural (2000)
Riot Act (2002)
Pearl Jam (2006)
Backspacer (2009)
Lightning Bolt (2013)


Fonte: Pearl Jam Brasil

  • Pearl Jam
  • Pearl Jam
  • Pearl Jam
  • Pearl Jam
Centro América FM Cuiabá - Rua Marechal Deodoro, 504, Anexo 1, Santa Helena, Cuiabá - MT, CEP 78005-100. Tel.: 65 3614-1888© 2017 - Centro América FM - Todos os direitos reservados
Sitevip Internet