Fale conosco via WhatsApp

Terça, 28 de setembro de 2021
informe o texto
Menu

Easy Cuiabá 99,1 fm No Ar: Na Hora do Almoço

NotíciasOpinião

Não custa nada acreditar

Não custa nada acreditar

27/02/2017 - 10:25

     Brasília começa a reconhecer o óbvio: Mato Grosso é o motor do agronegócio no Brasil. Outros lugares pouco sabem disso, mas o lado politico já olha diferente para o estado.

     Blairo Maggi é o Ministro da Agricultura e Nilson Leitão foi escolhido presidente da Frente Parlamentar da Agricultura que tem 222 deputados e 24 senadores. O Executivo e o Legislativo se curvaram à realidade de que o estado produz, resumindo a conversa, quase um terço do que se produz no campo no país e é responsável por 25% do superávit do comércio brasileiro.

     Esse reconhecimento de Brasília é interessante, porém o mais importante seria um suporte mais efetivo para melhorar a logística de transporte no estado. Até agora a coisa anda a passos de tartaruga. A ferrovia para chegar até Rondonópolis, com suporte na inciativa privada, foi um parto. A rodovia 163, aquela que vai para o sul do Pará, nunca termina. Para se fazer a duplicação de parte dela no sul do estado é outro parto complicado.

     A produção agrícola do estado pode atingir logo-logo 90 milhões de toneladas e não se vê uma movimentação real e verdadeira para transformar a logística de transporte. Têm-se três ferrovias no papel. Sabe-se lá quando isso sairá mesmo.

     A coluna continua com a lengalenga de que seria hora de mostrar essa realidade para o Brasil e até para o exterior. Tentar ganhar a opinião pública para ajudar no problema do transporte no estado.

     Veja um exemplo recente de como não nos escuta faz tempo. Na semana passada em São Paulo, num encontro do agronegócio, o Blairo apresentou números sobre a realidade do agro no país e no estado. Mostrou como se preserva 61% do território nacional e também estadual, que se vai aumentar a produção de grãos e carnes sem derrubar nenhuma árvore. Que se vão incorporar terras degradadas e também de pastagens para isso, além do aumento da produtividade do agro, principalmente em MT.

     Na sequência o Michel Temer falou encantado sobre os mesmo números, jornais também e o governador de São Paulo ficou de boca aberta. Tenho certeza que a fala do Blairo, acrescida de números mais recentes, é aquela antiga exposição montada pelo Cloves Vetorato quando ele era ainda governador e que antes nunca atingiram ouvidos e lugares importantes como atingiu agora.

     O que confirma o ponto de vista da coluna de que se fala sobre o boom na agricultura quase sempre para o público interno. Que o outro Brasil continua a olhar para MT como se fosse o fim do mundo.

     Talvez agora ouçam. E talvez surja algo novo em outros lugares do Brasil que possa ajudar de fato MT a melhorar sua complicada logística de transporte. Não custa nada acreditar.

Fonte: Alfredo da Mota Menezes e-mail: pox@terra.com.br site: www.alfredomenezes.com

Centro América FM Cuiabá - Rua Marechal Deodoro, 504, Anexo 1, Santa Helena, Cuiabá - MT,
CEP 78005-100. Tel.: 65 3614-1888
Home
Sitevip Internet