Fale conosco via WhatsApp

Terça, 28 de setembro de 2021
informe o texto
Menu

Easy Cuiabá 99,1 fm No Ar: Madrugada Centro América

Notícias

50 anos da morte de Jim Morrison: cantor, poeta, sex symbol e integrante do Clube dos 27

50 anos da morte de Jim Morrison: cantor, poeta, sex symbol e integrante do Clube dos 27

Foto: Elektra Records/Wikimedia Commons

50 anos da morte de Jim Morrison: cantor, poeta, sex symbol e integrante do Clube dos 27

03/07/2021 - 09:00

Cantor, filósofo, poeta e delinquente. Símbolo sexual da década de 1960 fascinado por répteis e xamanismo, Jim Morrison, vocalista do The Doors, foi - e continua sendo - um dos maiores sinônimos do "espirito livre" já vistos na história da música.

À frente do The Doors, Jim Morrison apresentou genialidade, carisma e sensualidade. A cada show, cantava, performava e se entregava como se estivesse participando de um ritual em que sua alma era libertada e viajava através da sonoridade de "Break on Trought (To The Other Side)", "Light My Fire" e "People Are Stranger", clássicos absolutos do cancioneiro rock.

Nascido em 8 de dezembro de 1943, em Melbourne, EUA, o jovem que se autodenominava "Rei Lagarto" rejeitou todas as formas de autoridade e, como um explorador afoito pela vida, não hesitou em testar os limites da realidade experimentando cada segundo de sua jornada - que, futuramente o levaria ao alcoolismo e ao excesso de drogas. 



Jim Morrison era uma combinação de rebeldia e beleza angelical; como se fosse um cruzamento entre James Dean e Iggy Pop. Seduzia mulheres e homens com suas performances de torso nu e cabelos despenteados que o conduziram instantaneamente a posto de ícone sexual. Na vida pessoal, teve uma relação única e turbulenta com Pamela Courson, sua namorada. 

Em 3 de julho de 1971, há exatos 50 anos, James Douglas Morrison (seu nome no documento de identidade), morreu na banheira de seu apartamento em Paris, França. A causa da morte continua uma incógnita mesmo após cinco décadas: o relatório oficial diz que foi ataque cardíaco, enquanto biógrafos apontam overdose de drogas. 

Jim Morrison faleceu aos 27 anos, entrando para o maldito "Clube dos 27", e se juntando a Brian Jones, Jimi Hendrixe Janis Joplin: todos perderam suas vidas tragicamente com a mesma idade em julho de 1969, setembro e outubro de 1970, respectivamente. Décadas depois, Kurt Cobain e Amy Winehouse fizeram - infelizmente - suas carteirinhas de sócios do "clube."

Todavia, uma coisa é certa: Jim Morrison experimentou intensamente a vida. 

Fonte: Rolling Stone Brasil

Centro América FM Cuiabá - Rua Marechal Deodoro, 504, Anexo 1, Santa Helena, Cuiabá - MT,
CEP 78005-100. Tel.: 65 3614-1888
Home
Sitevip Internet